Coral da Cantata 147 de J. S. Bach “Jesus, bleibet meine Freude”

Silas Oliveira, jornalista e músico amador, propõe-nos esta melodia tradicional das Igrejas Luterana e Reformada, interpretada pelo Coro Infantil da Thomaskirche (Igreja Luterana de Leipsig onde Bach foi organista)

A melodia foi composta por Bach, para o poema de Martin Janus, de 1660. As estrofes expressam, com o vocabulário e a sensibilidade da época, a devoção da  alma por Jesus. Bach usa igualmente esta melodia na Paixão Segundo S. Mateus.

Ler comentário de Silas Oliveira no 7MARGENS

Texto em alemão:

Jesus bleibet meine Freude
Meines Herzens Trost und Saft
Jesus wahret allem Leide
Er ist meines Lebens Kraft

Meiner Augen Lust und Sonne
Meiner Seele Schatz und Wonne
Darum lass’ ich Jesum nicht
Aus dem Herzen und Gesicht

Tradução:

Jesus é a minha alegria, o conforto e o que nutre o meu coração. Jesus é o remédio para todos as minhas labutas. Ele é a força da minha vida, a alegria e a luz do sol dos meus olhos, o tesouro e o encanto da minha alma. Portanto, não deixarei Jesus longe do meu coração e do meu rosto.

Adaptação em português de J. L. Pinto, a partir de um texto anónimo do hinário Luterano brasileiro. Pode, portanto, ser cantado.

É Jesus minha alegria, meu prazer, consolo e paz.
Ele as mágoas alivia e a minh’alma satisfaz.
É Jesus meu sol fulgente, meu tesouro permanente.
Eu, por isso, o seguirei e jamais o deixarei.

Quero estar Jesus, contigo, e seguir-te aonde fores.
És um afetuoso amigo: só a ti irei servir.
És o autor da minha vida, da minh’alma o benfeitor.
Toda a força para a vida vem de ti, ó Salvador.

Sou por ti acompanhado na alegria e no amargor.
Ao teu lado para sempre, estarei ó bom Senhor.
Quando for por ti chamado e deixar o mundo, aqui,
A minh’alma confiada achegar-se-á a ti.

Deixe uma resposta